Eleições de 2014

“O Gigante Acordou!”

 downloadEm meu entendimento esse gigante está dormindo mais que “A Bela Adormecida” e o que é pior, ignora toda uma luta, travada a sangue e ferro, para chegarmos onde estamos e nem mesmo o beijo do príncipe acordará esse gigante se não entendermos a situação política brasileira.

A verdade é que o brasileiro não está nem ai para a política e muito menos tem a compreensão da História do Brasil que começa no período desde a chegada dos portugueses até os nossos dias.

A começar com nossa história, o voto é obrigatório e não poderia ser, sendo um direito! Direito não se impõe e não deveria ser punido quem não se sente determinado a votar. Estamos na democracia e obrigar ao povo a votar é de uma contradição sem dimensão.

Porém, acho que não é o voto obrigatório ou facultativo que faz a qualidade da democracia!

Uma pesquisa do “Datafolha”, mostra um número crescente de brasileiros que são contra o voto obrigatório e não são os eleitores veteranos que pensam assim, são exatamente os jovens. Jovens esses que poderiam mudar o Brasil, se empenhando mais no estudo e na Constituição Brasileira.

– “Um País se faz com homens e livros!” (Monteiro Lobato).

Também é verdade, que esses jovens, não têm ideia do que seja uma Ditadura, um Regime Militar.

Eu tinha 10 anos quando um Golpe Militar derrubou o governo de João Goulart, presidente democrático, instaurando assim a Ditadura Militar no Brasil que durou 21 anos. (1964/1985). Foi exatamente o (hoje) famigerado José Sarney quem assumiu a presidência, terminado assim o regime militar instaurando a “Nova República” e ao mesmo tempo dissolvendo o Congresso Nacional.

Então eu pergunto:

–  Como chegamos a esse sistema de governo, onde impera a desonestidade, roubo, mentiras, desordem, leis falhas e arcaicas, desrespeito e um povo órfão e a liberdade de expressão?

Exatamente na ignorância política do povo!

 A ditadura nos proibia uma liberdade civil e hoje não sabemos aproveitar essa liberdade a favor de nós mesmos, porque não temos conhecimentos e não pesquisamos, não nos esforçamos para ter um cabedal de informações para mudar a nossa Política Brasileira.

 Pode ter certeza, que se houvesse um interesse maior em conhecimento por todos os brasileiros, pela nossa história política e civil, o Brasil já seria uma média excelência em desenvolvimento geral.

E como não temos interesses em entender como os nossos vigentes candidatos irá governar o Brasil, mas, temos a liberdade (ainda) de expressar e/eleger esse ou aquele candidato, fico muito apreensiva quanto ao futuro do nosso povo.

O que leio nas redes sociais, são pessoas apoiando ou discordando desse ou daquele candidato, comentando incoerências e insultos, quando o outro não é a favor ou não concorda com a sua também liberdade de expressar ou concordar.

Ninguém é obrigado a concordar com ninguém, porém, se desenvolvessem um tópico sobre o assunto e respeitosamente, traçarem um parâmetro sobre a política, deixando de lado a imposição, a fúria, a vaidade de que “Eu Sou o Cara” e esse ou aquele é o candidato certo, permitindo assim, que cada leitor desse fórum tirasse suas próprias conclusões, diante do conhecimento do outro.

O esquerdista ou direitista diria com muito respeito o que pensam e o que viveram, lembrando qual candidato contribuiu para o crescimento do país numa sociedade como um todo e o que irão contribuir de fato para um País melhor, educado, saudável e próspero.

Se todas as reuniões familiares, o encontro com os amigos no Shopping, o almoço de domingo, houvesse trocas de informações sobre a política, sem discórdia, sem raiva, acredito que os nossos políticos pensariam duas vezes em atentar contra o povo.

Seria como um doutorado acadêmico político, onde cada um é o professor, contribuindo assim para que cada aluno/professor se dirija as urnas com um pouco mais de conhecimentos e liberdade, sem a imposição eleitoral.

Seria realmente um País civilizado e democrático!

(Não faço aqui nenhuma menção a favor ou contra a qualquer partido ou candidato. Que fique bem claro!)

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>