Religião não define caráter

Não consigo entender porque a maioria dos religiosos, proclamam alto e em bom som que, um ser humano que comete um crime, que transgrida as Leis do Estado e/ou que comentem atos absurdos “NÃO TEM DEUS NO CORAÇÃO”!

– Como assim?

Conheço muitas pessoas que não tem quaisquer religião e outras que nem acreditam em Deus e são pessoas do bem, que ajudam ao próximo, que seguem as leis, são educadas, estudiosas, obedientes e respeitam Pais e Mães.

Pessoas estas de uma pureza D’Alma que qualquer uma pessoas diria que é um religioso, que é temente a Deus.

Nosso País é laico, nós temos Livre Arbítrio, somos livres para escolher o que seguir, o que estudar, em que trabalhar, como se vestir e o que comer. Isso não quer dizer que essa pessoa que não segue um padrão religioso não seja uma pessoa de bem.

As prisões carcerárias estão cheias de pessoas cumprindo penas por crimes violentos Cristãos. Existem nesses mesmo presídios pessoas que cometeram atos criminoso e são religiosos.

Uns dos conflitos que assolam o Orientem Médio, tem por finalidade uma guerra religiosa, porque dividindo os povos encontramos, Xiitas, Sunitas, Cristãos, Ortodoxo, católicos e por ai vai.

Hitler tinha Deus no Coração! Rezava, ia a Igreja. No Livro intitulado Main Kampf, (a Bíblia Nazista) de sua autoria ele diz:

– …” Eu acredito que estou agindo no sentido do Criador, ao repelir os Judeus, eu estou lutando pelo trabalho do Senhor.”

E ainda acrescenta:

– “Eu sou um Católico, agora e como antes e sempre serei!”

Então caro leitor! Hitler tinha Deus no coração e fez o que fez.

Nos dias de hoje, de alguns anos para cá, temos vistos muitos religiosos cometendo crimes absurdos. Todos esses criminoso dizem terem Deus no coração.

– Padres e o alto escalão do Vaticano, são acusados de   pedofilia, abusos sexuais, prostituição, corrupção e lavagem de dinheiro. Todos tem deus no coração!

– Pastores das Igrejas Evangélicas igualmente corruptos, abusadores sexuais e acusados de falsidade ideológica, onde roubam em nome de Deus.

– Falsos profetas, espíritas, budistas e por ai vai numa lista interminável de pessoas que tem Deus no coração e no entanto cometem crimes de maior ou menor grau.

– Políticos igualmente desonestos, ladrões e alguns até estão presidindo a Bancada Religiosa e cometendo absurdos.

Cidadãos comuns, ceifando a vida humano, cometendo crimes de abusos sexuais, roubando, mentindo, enganando, maltratando e matando os pais, maltratando os animais, os idosos, as crianças e muitas dessas pessoas se intitulam terem uma religião e vão a Igreja, seja lá qual for o seu Templo e seu Deus.

Muitos Ateus e pessoas que não seguem uma religião padrão, são pessoas também de boa índole, de bom carácter e de boas qualidades, trabalhadores e que ajudam muito para o crescimento desse País como um todo.

Em meu modo de pensar, nos dias de hoje, acho que as religiões são alicerces criados para cegar e manipular os devotos para o bem próprio. Amedrontando com a morte, a culpa e exploração. Ainda, a diferença entre um cristão e um ateu, consiste no fato que o Cristão se sente especial, o dono da verdade e tem um lugar especial no céu, além de seus atos. Tem a certeza de tudo, sem nenhuma evidencia ou questionamento.

Eu li a Bíblia e digo no meu entender, que é um livro cheio de violências, crimes, violações, fornicações, mentiras e outras coisas mais. Tudo em nome de Deus!

Também não acredito que Deus, em sua magnitude, vai falar com determinadas pessoas, mandando recados para um ou para outros.

Deus fala através da fé de cada um e é uma interlocução própria e pessoal, sem intermediários.

Em tantos anos de vida que eu tenho, vi, ouvi e presenciei ações totalmente absurdas, desnecessárias e odiosas, por pessoas ditas religiosas e até hoje não vi um desconexo de um amigo ateu ou incrédulo.

– “Acho totalmente preconceituosa e desumana essa frase!”

Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade:

“Graças a Deus!”

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>