Os ternos Italianos

Estive visitando os brechós (Lojas que vendem produtos usados de boa qualidade) a procura de um bule de porcelana antigo, para fazer par com uma xícara também de porcelana antiga que eu ganhei de uma velha conhecida, para enfeitar a minha cristaleira antiga.

Visitei uns três Brechós e acabei encontrando uma variada de louças antigas, num brechó perto de minha casa.

O Brechó se tornava apertado devido a grande variedade de produtos e quinquilharias, o que me fez prestar atenção em cinco homens negociando freneticamente com a dona do estabelecimento. Eles estavam vendendo ternos italianos completos e também sapatos igualmente italianos.

Fiquei por ali olhando, zanzando, enquanto eu esperava pelo atendimento e prestando atenção na negociação.

Notei que eles eram jovens e tinham os cabelos bem cortados e curtos. Usavam ternos italianos e sapatos de bico quadrado também italianos. Todos os cinco tinham no pulso relógios da marca Bulgari de ouro, sendo que o homem mais velho do grupo portava também uma aliança de ouro e brilhantes. Eles abusaram do perfume, deixando no ar um misto de fragrâncias.

A negociação demorou uns 10m e os cincos saíram contentes puxando as malas vazias. Logo a dona do Brechó veio me atender e com muita gentileza começou a procurar a louça que fosse parecida com a minha xícara.

Comentei com ela sobre os homens e fingi me interessar pelos ternos. Notei que todos os ternos estavam praticamente novos e eram de fato italianos.

Então… Ela me confidenciou que todos eles eram Pastores de uma Igreja Evangélica bem próxima do estabelecimento.

Eu quase caio sentada numa cadeira antiga que estava próxima. Pela minha cara de espanto ela começou a rir e disse que eles de quatro em quatro meses vendem os ternos que são substituídos por outros novos dados pela Igreja. Eles sempre vendem para ela e para outro Brechó mais adiante e que ela vende esses ternos rapidinhos.

Confesso que fiquei bege, azul sei lá que cor.

Ainda me confidenciou que as esposas dos pastores também vendem seus vestidos de grife, suas bolsas e sapatos.

Juro que eu não pude acreditar naquilo!

– Então eles de fato usam ternos importados, joias e perfumes, comprados com o dinheiro do dízimo do povo que confia a sua fé a esses salafrários?

– E porque eles não doam esses ternos para o povo mais necessitados de suas igrejas?

Ela não querendo demonstrar fofoca disfarçou, olhou a porta da rua para ver se não vinha algum cliente evangélico e disse:

– Que nada menina. Eles vendem tudo aqui e com a grana arrecadada eles vão para a churrascaria Porcão do Rios comerem churrasco e beber cerveja.

Perguntei como ela sabe disso.

– Porque eu vou sempre à churrascaria Porcão com meu marido e eles estão lá numa alegria só. Juntam uns quinze pastores nos espaço destinado a reuniões e você precisa ver as mulheres deles como vão vestidas.

– Posso imaginar! Eu vi de perto essas proezas.

Eles vão a restaurantes caros porque sabem que seus fieis não tem condições de frequentarem um lugar caro como esses.

E pensar que tudo e dado por Deus! Como eles mesmos pregam.

Lembrei-me de uma matéria que li sobre tal Pastor e sua esposa que colocaram a cama no telhado da igreja para afirmar que “Sexo é Deus”!

Lembrei-me também dos Padres católicos e que são cantores, que usam maquiagem, fazem sobrancelhas e malham o corpo.

– O que será que diria João Batista a Jesus diante disso tudo?

 

 

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

One thought on “Os ternos Italianos

  1. miriangela

    Pavoroso, mas nem assusto mais com isso, mas afinal, achou o bule para fazer par com sua xícara ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>