Filho feio não tem Pai

tragédia em santa teresaO acidente com o bondinho de Santa Teresa (27/08) que vitimou cinco pessoas e feriu cinquenta e sete é mais um descaso das autoridades do nosso estado.

Santa Teresa é um bairro boêmio da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, conhecido pelas construções históricas e pelos bondes turísticos que circulam em suas ruas, interligando vários outros bairros da cidade. O bairro é uma das atrações turísticas do Rio de Janeiro, tendo um polo gastronômico ao redor do Largo dos Guimarães. Tem um número satisfatório de artistas que possuem ateliê e que também residem no local. Empresários estrangeiros investiram em Santa Teresa adquirindo e reformando propriedades como é o caso do Hotel Santa Teresa, onde ficou recentemente hospedada a cantora Amy Winehouse.

O bonde fazia o trajeto Lapa-Santa Teresa e serve de meio de transporte diário para os moradores da região, além de encantar quem faz o trajeto pela primeira vez.

Apesar do fluxo de turismo no bairro, a Cia Estadual de Engenharia de Transportes e logística (Central) foi empurrando com a barriga a troca dos velhos e cansados bondinhos, autorizando gambiarras nas manutenções, esquecendo-se que ali transporta vidas.

Este não foi o primeiro acidente com os Bondinhos de Santa Teresa, apesar dos protestos dos moradores e da Presidente da Associação de Moradores de Santa Teresa, Elzbieta Mitkiewicz. O Governo protelou por duas vezes decisão judicial que ordenava conclusão de investimento para o bairro de Santa Teresa e seus bondinhos.

Agora que o leite foi derramado querem culpar o condutor que veio a óbito nessa tragédia e como morto não fala e muito menos pode se defender, fica assim culpado pelo acidente.

O que me deixa puta é que no Brasil nada funciona. Os políticos num todo, incluindo o Estado, município e o Distrito Federal, tratam o povo com verdadeiro descaso, não pensando na soberania, cidadania e dignidade da pessoa humana. Os valores sociais de cada cidadão são esquecidos e somos tratados como escória. Somos o povo que paga os mais altos impostos e não recebemos nada em troca.

Não me refiro só ao acidente lamentável do Bondinho de Santa Teresa, me refiro também a todas as mazelas que enfrentamos ultimamente em nosso país. Não escutamos ou lemos nos meios de comunicações nada de bom.

No Brasil morrem e vitimam pessoas de todas as formas, apesar da imensa arrecadação dos nossos impostos.

Nenhum serviço público funciona no país. Eu teria uma lista imensa da péssima funcionalidade de serviços para o povão. Povo este merecedor e cumpridor de seus deveres. Povo este que são torturados todos os dias, nos transportes, na educação, na saúde, na alimentação, na segurança pública, na aposentadoria e na falta de respeito que vem como excesso de maus exemplos dos dirigentes desse país, que permite o descaso dos empregados do governo para nós cidadãos brasileiros.

Por ganância e extravagâncias desnecessárias também somos lesados pelas estatais que nos cobram absurdos tributários pelos serviços básicos imputados ao povo. Somos massacrados pelos altos impostos cobrados a pequena e média empresa que repassa sem dó nem piedade para nós consumidores.

A vida do povo desta nação não esta valendo nada!

Todos os dias têm notícias trágicas e desonestas. Todos os dias algum brasileiro é punido pelo descaso. Perdas inefáveis em nossas famílias, por motivo absurdamente inacreditável.

Os dirigentes da nação arrebentam com a nação e os punidos somos nós, brasileiros, cansados, calejados e descrentes nessa instituição falida chamada brasil.

Brasileiros estes que estão enfadados de ouvir desculpas do estado como um todo, tirando sempre o seu da reta, jogando a culpa, nos mortos, nas armas, nas drogas, nos professores, nos médicos, nos profissionais menos favorecidos.

Governo esse que mentem, subornam e escondem as suas responsabilidades. Governo que mata nossas crianças ainda no ventre de suas mães, que deixam os idosos a mercê de sua própria sorte e que sonega a comida dos famintos.

Governo que sabota os números matemáticos da arrecadação pública e que não se sentem envergonhados de ostentar suas fortunas, enquanto o brasileiro ainda morre de doenças já erradicadas no país, porque as indústrias farmacêuticas não cumprem a lei de doar sem burocracia os remédios ditos gratuitos nas farmácias populares.

Governo este que vendem nossas riquezas e serviços, deixando nas mãos de estrangeiros nos deixando a mercê de maus serviços.

Governo este que não tem o amor patriótico e muito menos pelos patriotas, que por absoluta falta de esperanças caem nas mãos de falso religiosos, que prometendo milagres dos céus, também roubam e usurpam o povo esperançoso.

Governo que permite emendas no código civil ao invés que reformular as leis para a atualidade, tomando cuidado para não deixar brechas, salientando assim o cumprimento das leis e punindo o merecedor, incluindo também os seus políticos.

Enquanto procura-se o pai dos filhos feios, O governo brasileiro investe bilhões de reais para a realização da Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas de 2016. Investimento que em minha opinião seria salutar se a educação, a saúde, a segurança pública, a infraestrutura, a logística e a distribuição de renda equalizada, estivesse priorizadas, concedendo uma qualidade de vida ao povo brasileiro.

Infelizmente o brasileiro é passivo e não percebe que a cidadania brasileira é uma farsa!

Não entende que a elite brasileira não esta preocupada com os interesses nacionais, colaborando perniciosamente em cada pleito oportunidades aos oportunistas.

Diante do futebol, do carnaval e outras tantas comemorações, prioriza a libertinagem, num comodismo nojento e desinteressando-se pela política brasileira. Infelizmente o Brasil é constituído de costumes de massa populacional, que não aprendeu ainda, com as experiências dos muitos problemas que enfrenta no dia a dia.

Não entendeu ainda que prevalece a lei de Gerson e que o Brasil é festa para inglês ver!

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

One thought on “Filho feio não tem Pai

  1. miriangela

    Como sempre amiga, parabéns pela crítica, vc. teria que escrever para um grande jornal, pois são poucas as pessoas que podem acessar seu blog. Me solidarizo com voce, tb. fiquei indignada quando ouvi a acusação contra o condutor, sendo que alguém, mencionou que ele próprio já havia alertado várias vezes para o perigo do bondinho, mas infelizmente, ele não deveria ter um diploma de curso superior, ninguém deu ouvido . Ás vezes sinto vergonha de ser brasileira, esses politicos não vêm que quem mantem esse pais somos nos, se eles roubam, eles tiram do nosso suor, se todo o Brasil fizer uma greve , ninguem trabalhar, este pais vai falir , um dia isso poderia acontecer, uma greve geral de 24 horas, queria ver o que esses políticos iriam fazer sem nós , pagaria para ver .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>