Nosso Soldado Romano, Coitado! Morreu…

Soldado RomanoFeito de madeira nobre, nascido no Rio Grande do Sul, meu guarda roupas morreu nessa semana. O coitado agonizou por uma semana, tal a quantidade de madeira originaria de sua estrutura. Contaminou-se com a parasita do cupim e ao percebermos a sua doença, já era tarde. O clínico da tal doença o condenou. Teria que ser feito a eutanásia rápido, antes que outros de sua espécie também viessem a se contaminarem.

Há 10 anos, foi encomendado para nossa casa. Feito sobre medidas, a partir de desenho ricamente detalhado para comportar tudo que o seu interior pudesse guardar. Um espaço para cada coisa, compartimentos de tamanhos diferentes, espelhos, gavetas, e até porta trecos. Guardou por esses anos, todas as coisas de nossa família, com carinho e muito cuidado. Aceitou todo o peso que nós o impúnhamos e nunca reclamou do abre e fecha de suas grandiosas portas maciças. Estava sempre firme, rígido, um verdadeiro soldado romano. A única coisa que ele exigia era um óleo ou creme de boa qualidade, para deixá-lo brilhante, mostrando toda a sua nobreza.

Ao percebemos alguns furos no exterior de suas portas é que descobrimos que ele estava doente, infectado. Achamos que seria algo superficial e com exames mais detalhados notamos que toda a estrutura interior de seus órgãos já estava seriamente doente. Havia perigo de desmaio de tão corroído pela doença infecciosa. Mesmo assim ele continuava firme, leal aos objetos que tomava conta, sem arredar um milímetro que fosse. Agüentando o peso e a sua dor, fazendo jus a um Soldado Romano.

Desmontagem 2

Ao aliviarmos de suas obrigações é que notamos quantos objetos foram guardados no seu interior e pudemos ver a sua tristeza em saber que teria que dar baixa no quartel, não sendo mais necessários os seus serviços. Manteve-se firme até a última retirada de suas portas, desabando pelo cansaço, a sua estrutura interior. Não havia mesmo, mais nada a fazer. Já estava virando pó.

A remoção de toda a sua carcaça foi complicada. Um só carro fúnebre não foi possível. Tivemos que enviá-lo para o Madeiras do Soldado Romanodepartamento de reciclagem. Alguns órgãos seus, serão implantados em outro futuro soldado, após verificarem que não estavam contaminados.

Ficamos tristes!

Tão logo o meu soldado romano se foi, chegou outro novinho, brilhante, de cor clara, de beleza encantadora, porém, sem nobreza, bem menor em sua estatura, em suas repartições. Teremos que distribuir todos os nossos guardados pelos outros soldados da casa. Com o tempo vamos nos adaptar e espero que esse soldado seja tão competente quanto o outro.

Para ficarmos tranqüilos quanto essa mortífera parasita, vacinamos todos os soldados da casa, para que não aconteça o mesmo que aconteceu com o nosso Nobre Soldado Romano e leal.

Descanse em paz!

Desmontagem 3

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

3 thoughts on “Nosso Soldado Romano, Coitado! Morreu…

  1. Caramba kika! Vc sabe transformar um trantorno em um belo conto. Adorei… Calculo o transtorno e o gasto. Boa sorte!

  2. É amiga, é uma pena, pois era um belo exemplar, muito lindo e funcional, que ele carregue todos os “cupins, filhotes e afins” fazendo uma verdadeira retirada , já era sem tempo né !?

  3. […] todo o móvel e dedetizar mesmo para não passar para os móveis novos.  (Leia o post – .nosso-soldado-romano-coitado-morreu […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>