Hino Nacional Brasileiro – Até quando?

É uma vergonha que o povo brasileiro não saiba cantar o Hino Nacional Brasileiro. Se o hino da própria Pátria os brasileiros não sabem cantar o que dirá votar ou cumprir uma lei ou suas obrigações como cidadão.

O hino Nacional Brasileiro representa a nossa identidade nacional, é uma fonte preciosa de estudo histórica na compreensão da ideologia que marcaram a construção da República Brasileira.

Mais o Rebolation, Funk proibido, hino do time de futebol, hino da igreja… Ah! Esses eles sabem.

Quando eu chegava à escola pública, fazíamos fila e cantávamos o Hino Nacional e o Hino a Bandeira. Também sabíamos o Hino da Proclamação da República. Éramos patriotas de verdade e torcíamos por um Brasil melhor.

Hoje com a modernidade da tecnologia, o Brasil emburricou, não no sentido de burrice, mas sim de engano. Nossas crianças e jovens enganam que sabem e a bem da verdade nem a tabuada ou interpretar uma leitura ele conseguem fazer sem auxílio da tecnologia. Nossos governantes enganam que governam, nossos professores enganam que ensinam e assim vira o pais emburricado.

O povo brasileiro, fala mal dos governantes, protestam com violência, mais nunca vi um protesto para o bem do país, uma reivindicação por melhores estudos, por melhores profissionais, por dignidade, por respeito. Vejo sim, reivindicação por causa própria.

Querem que as autoridades arrumem a casa, porém não arrumam as suas próprias casas e não olha o Brasil como a Pátria Mãe.

O exemplo das autoridades parlamentares que também não sabem até mesmo onde fica o Tocantins, fato esse mostrado pelo programa CQC da Band e da cantora Vanusa que no primeiro encontro Estadual de Agentes Públicos, mostrou a realidade nua e crua de um povo brasileiro que ainda quer falar inglês, sem ao menos conhecerem a língua portuguesa, errando vergonhosamente a letra poética do Hino Brasileiro.

Os candidatos do programa Ídolos querem seus minutos de fama, cantando o Hino Nacional Brasileiro vergonhosamente, assassinado a letra com palavras nunca dantes imagináveis. Joaquim Osório Duque Estrada e Francisco Manuel da Silva se soubessem que seria assim, nunca venderia a letra e música, para o governo de Epitácio Pessoa, guardando quem sabe para um povo mais culto e honrado.

Esse é o povo brasileiro que entre tantas e outras coisas tem o governo que merece!

Vejam e ouçam o Hino Nacional Idolatrado dos participantes do programa ídolos. Depois de Vanuza vou tentar ensinar o hino corretamente a minha gata, assim poso levar ela nos programas de televisão para ensinar ao povo a sabedoria animal.

http://oglobo.globo.com/online/blogs/arquivos/idoloshinonacional.wmv

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

2 thoughts on “Hino Nacional Brasileiro – Até quando?

  1. Com certeza Kika,
    assino em baixo amiga,
    bjs e Otima Noite!!!

  2. Ruan

    Na minha escola do fundamental (uma escola particular tradicionalíssima aki no meu estado e bastante religiosa), toda vez que chegávamos, deixávamos nossas bolsas na sala e íamos pro pátio cantar o hino da escola, o hino nacional e algumas vezes o hino da independência e o do meu estado. eu sabia todos decorados. hj em dia, só sei os do meu estado e o nacional, mas esse povo do Ídolos é vergonhoso demais!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>