Que interesses econômicos se movem por trás das epidemias que assolam o nosso país?

No mundo, a cada ano morrem milhões de pessoas, vítimas de doenças infecciosas. Os vírus são responsáveis por causar diversas doenças em homens e animais. Algumas mais leves e outras mais graves. Temos vários exemplos de vírus como às gripes comuns, dengue, influenza, pneumonia, hepatite C e tantas outras.

Em 2005 o surto de gripe aviária infectou pessoas em todo mundo. Os noticiários diziam ser a mais perigosa de todas. Ultimamente temos a Influenza tipo A/H1N1 modificado, a gripe suína, que o Ministério da Saúde intitulou como uma Pandemia.

A gripe A foi, aliás, sempre abordada como um problema de saúde focado nos países do 1º mundo, enquanto continuam a morrer diariamente milhares de pessoas nos países pobres com malária que se pode facilmente prevenir, como cólera e outras afecções evitáveis com um simples soro. Estes problemas, porém, nunca são notícia nem movem a comunidade internacional porque não são economicamente atrativos e lucrativos.

Assim, o que eu entendo, é que há uma “pandemia de lucro”. Poderosos interesses industriais e econômicos.

A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflú, vendeu milhões de doses aos países asiáticos.

Ainda que o Tamiflú seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população.

Com a gripe das aves, a Roche e a Relenza, as duas maiores empresas Farmacêuticas que vendem os antivirais, obtiveram milhões de dólares de lucro. A empresa norte-americana Gilead Sciences tem a patente do Tamiflú. O principal acionista desta empresa é nada menos que Donald Rumsfeld, secretário da defesa de George Bush, artífice da guerra contra o Iraque.

Se a Organização Mundial de Saúde se preocupa tanto com esta enfermidade, porque não a declara como um problema de saúde pública mundial e autoriza a fabricação de medicamentos genéricos para combatê-la? Prescindir das patentes da Roche e Relenza e distribuir medicamentos genéricos a todos os países, especialmente aos pobres. Essa seria a melhor solução!

São pessoas de ideologia capitalista e que sem qualquer dúvida, defendem o sistema e o bem estar, aumentando o valor do lucro e das ações, mesmo que para isso sacrifiquem a população.

O aspecto da comunicação social é explorar o máximo e vender a tragédia!

Sem dúvida A REALIDADE DESTA PANDEMIA Só beneficia as Indústrias Farmacêuticas.

Lamentável!

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>