É difícil dizer NÃO? Cara de Pau II

Amigo da Onça

Amigo da Onça

Certas pessoas que com a maior cara de pau sempre tentam usurpar de qualquer  forma algo da gente. Esses tipos sempre estão cruzando os nossos caminhos, na certeza de que irão se beneficiar de tudo que possamos oferecer. O centro esta exatamente em levar vantagem sobre o outro.

Tais pessoas são típicas, não querem de forma nenhuma gastar seu rico dinheirinho ou colocar a mão na massa. São pessoas sempre ávidas por se dar bem, acima de qualquer respeito ou regras. Sempre tentam sugar o máximo possível, simplesmente, porque assim é que elas são. Vêm a nossa casa com o papo de te fazer uma visita, com uma história de cerca Lourenço que se sente muito bem junto de você e dos seus. Ai já começa a exploração.

Vão à praia, mais não te oferece ajuda com o almoço ou algo parecido para que você também possa ir. Vai sozinha sem culpa nenhuma e nem vergonha. Tomam banho no seu banheiro e deixa o ralo todo cheio de areia. Suja a toalha, usa seu xampu, seu desodorante, cremes e perfumes. Almoça, repete e depois tira um soninho no sofá da sua sala. Vai embora ao anoitecer porque tem uma festa pra ir e nem mesmo te convida ou agradece. Outras chegam para pegar emprestada aquela roupa nova que você ainda nem usou. Outras com intenção dúbia e pede de cara para dar um telefonema, diz que é urgente e a ligação é local. Quando chega a conta, odiosamente nota-se que uma ligação transformou-se em várias ligações para outros estados, te deixando de lembrança uma conta a doer no bolso. Quando cobramos, nega na maior cara lavada, jurando que não ligara para esses estados. Outras que chegam à noitinha pedindo para dormir, dizendo que trabalhou até àquela hora e ficaria muito tarde para ir embora para casa. Mentira mais esfarrapada! Dormem e saem antes de você acordar e ainda deixa a cama por fazer.

Fui vítima de uma que economizava a passagem de ir e vir para o trabalho, jantava, tomava banho, usava tudo meu e quando chegava sábado ia embora sem ao menos contribuir financeiramente com o café da manhã ou com outro tipo de ajuda. Foi uma economia significante para ela.

Nota-se, porém que essas pessoas sempre te cobrem de elogios, na sua frente é claro, e dentre tantas sedas rasgadas pedem a você para dar um jeitinho no cabelo delas ou nas unhas, pois acha você uma excelente profissional da beleza.

Por que é tão difícil dizer não? Por que a gente tem de se sentir mal diante dessas propostas? Não seria razoável que o outro, se sentisse mal?

Para acabar com todo esse sentimento de raiva, que por ser boazinha nos atinge a alma e para ter certeza que não serei mais explorada é que aprendi a dizer NÃO! O saldo foi algumas inimizades, meus defeitos vindos à tona e a afirmação que estou amarga porque sou viúva.

Fala Sério!

Kika

About Kika

Meu nome já não importa, mais meu apelido é Kika. Sou carioca da gema, do signo de peixes. Já passei da idade dos sonhos. Por incrível que possa parecer, ainda não descobri a minha missão e no momento não estou fazendo questão. Amo a natureza e todos os seus habitantes. Gosto de ir ao cinema, ao teatro. Quase sempre escuto o bom Blues. Procuro sempre me manter ocupada, isso me faz esquecer os problemas e a solidão. Não gosto de situações aborrecidas e tediosas e muito menos ter que ser simpática quando não o quero ser e nunca me importo com o que falam de mim ou pensam ao meu respeito. Sou direta e nunca faço rodeios. Tenho vários defeitos e não faço questão de corrigi-los. Sou assim e pronto! Desejo que você goste da minha NAVE e qualquer contato é só deixar o seu recado que eu retorno. Muita paz a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>